Notícias


A Boa Hora recepcionar Equipe Técnica pela Convenção de Estocolmo (CE) sobre Poluentes Orgânicos Persistentes–POPs


A Boa Hora cuida do meio ambiente


Empresa teve a honra de recepcionar Equipe Técnica pela Convenção de Estocolmo (CE) sobre Poluentes Orgânicos Persistentes–POPs.



A Boa Hora, Central de Tratamento de Resíduos Ltda., é uma empresa especializada em prestação de serviço às áreas de Aterro Industrial, Incineração e Autoclavagem de resíduos. Com certificação “ISO 9001” conferido pelo organismo de certificação RINA, bem como tem o seu SGA - Sistema de Gestão Ambiental implantado e formalizado e é credenciada pela CETESB.


Localizada em Mauá, a Boa Hora foi agraciada com um convite especial. No último dia 8 de fevereiro, teve a honra de recepcionar em suas instalações que ocupam uma área de 210.000 m2 a equipe técnica da CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, em importante evento de treinamento formulado pela Convenção de Estocolmo sobre Poluentes Orgânicos Persistentes – POPs.



Há 20 anos no mercado e trabalhando com tecnologias para redução de impactos no meio ambiente, a empresa conta com uma estrutura avançada e com uma equipe qualifica mostrando porque está entre as melhores empresas do setor por sua tecnologia e qualidade nos serviços prestados.

A importância da Convenção e suas ações.



O tratado internacional, adotado em 2001 entrou em vigor em 2004, visando à proteção da saúde humana e do meio ambiente contra os efeitos das substâncias químicas conhecidas como Poluentes Orgânicos Persistentes (POPs).



Estas substâncias apresentam ampla distribuição geográfica e permanecem nos ecossistemas por longos períodos, além de se acumularem no tecido adiposo dos seres vivos, podendo causar sérios riscos à saúde humana, animal e ao meio ambiente, o que torna necessário o banimento e/ou eliminação /redução da produção, dos estoques de POPs e gestão adequada dos resíduos e das áreas contaminadas.



Com o intuito de promover assistência técnica, por meio da capacitação e transferência de tecnologia, fortalecendo as capacidades técnicas, institucionais e legais destes países de modo a apoiá-los no cumprimento das obrigações emanadas pela Convenção, os Centros Regionais elaboraram o "Curso Internacional para Capacitación Intensiva en la Gestión Ambiental de los Contaminantes Orgánicos Persistentes -COPs”.



Apoiado financeiramente pela Japan International Cooperation Agency - JICA e Agencia Brasileira de Cooperação- ABC o curso acontecerá nos próximos cinco anos, para trinta participantes de dez Países do GRULAC e para quinze participantes de cinco Estados Brasileiros.



Esse primeiro treinamento teve inicio no dias 09 de janeiro com finalização em 09 de fevereiro de 2012 e os países convidados são: Colômbia, Costa Rica, Cuba, Guatemala, Nicarágua, Panamá, Paraguai, República Dominicana e Venezuela e os Estados Brasileiros são: Amapá, Goiás, Pernambuco, Piauí e Tocantins.



Dividido em três Módulos Técnicos, contando com aulas expositivas e práticas, o segundo módulo oferece subsídios para a gestão de POPs a técnicos envolvidos diretamente na implementação da Convenção de Estocolmo no País de origem ou nos Estados brasileiros.



A Boa Hora cuida do Meio Ambiente



Após serem recepcionados pela empresa, os 45 convidados (equipe da CETESB e convidados ) sentaram-se a mesa formada por: Eliane Peralta - diretora de recursos Humanos Boa Hora; Sérgio Casanova - gerente técnico da Boa Hora; Estefano Zampieri - diretor técnico da Zamfor; engenheira Maria Cristina Poli e o engenheiro Marcelo dos Anjos - da CETESB.

Com a primeira palavra, Eliane Peralta apresentou a empresa e agradeceu a honra concedida. Em seguida, foram apresentados vídeos da empresa Boa Hora seguida do vídeo de apresentação técnica do processo de tratamento térmico dos resíduos apresentado pelo Sr. Sérgio Casanova e vídeo técnico do Incinerador, apresentado por Estefano Zampieri da Zamfor.



Além do privilégio de ser escolhida para receber a equipe técnica, a Boa Hora sentiu-se reconhecida, pois sua missão principal sempre foi e será preservar o Meio Ambiente.



Para isso, recebeu, acompanhou e prestou apoio técnico aos visitantes que conheceram entre outros processos, o setor de Autoclavagem, laboratórios de controle de qualidade dos resíduos, estação de tratamento físico-química, sistema de depuração dos gases do incinerador e aterro industrial.



Após um almoço, a visita geral ao incinerador foi acompanhada pelos técnicos Sérgio Casanova e Estefano Zampieri. A engenheira Maria Cristina Poli, agradeceu a recepção feita e explanou sobre o projeto e sua importância, pois, a CETESB para a Convenção de Estocolmo esta entre as poucas organizações mundiais, que detêm meios e controles para treinar e regulamentar normas para tecnologias ambientais.



“O convite e a presença da CETESB na Boa Hora, nos coloca em posição de destaque pelos nossos processos, técnicas e equipamentos de ponta para tratamento de resíduos e monitoramento dos processos” ... comenta Sr. Sérgio Casanova a importância dessa visita para a empresa e para o ABC.



Soluções em Tecnologia Ambiental Zamfor



A Boa Hora utiliza-se de tecnologia ambiental desenvolvida pela Zamfor. O incinerador é ponto central de um sistema sofisticado de filtros e tratamentos realizado dentro das normas ambientais com as seguintes características:


- Controle de combustão feito por um processador de última geração, que regula os gases de queima e as taxas de emissão;

- Autonomia para queimar até 500 Kg de lixo por hora, 10 toneladas dia;

- Sistema de depuração: Os gases da incineração passam por vários processos de filtragem para eliminar qualquer resíduo contaminante ao meio ambiente;


Informações:

Eliane Peralta : (11) 4546-8227


MayGrow Eventos e Produções

Maristela Andreoli - (11) 4990-7369 / 9732-2449


http://www.boahora.com.br/imprensa.php?id=releases

 

- Conama aprova resolução sobre lançamento de efluentes
O Conselho Nacional do Meio Ambiente aprova resolução...
- A gestão do lixo requer uma gestão compartilhada
Segundo o Manual de Gerenciamento Integrado -...
- Reputação e imagem levam empresas a adotar gestão ambiental
Sondagem Especial de Meio Ambiente, da Confederação...
- Brasil precisa substituir lixões por aterros até 2015
A implementação da Política Nacional de Resíduos...
- Plantas crescem menos com aquecimento global
Segundo um estudo publicado na revista Science,...
- Política Nacional de Resíduos Sólidos é debatida no Senado
O substitutivo da Câmara dos Deputados ao projeto...
- Brasil fica em 2º lugar em ranking internacional de consumo verde
O Brasil ficou em 2º lugar - atrás apenas da Índia...
- Economia Verde frente às Mudanças Climáticas
Todo ano o estado de São Paulo realiza uma Conferência...
- Educação ambiental pode ser custeada por produtos descartáveis
Além disso, o projeto determina a aplicação em...
- CEF adota critérios para projetos de resíduos Sólidos
BRASÍLIA - A Caixa Econômica Federal instituiu...
- A construção de aterros sanitários no Brasil custa cerca de R$ 525,8 milhões
A construção de aterros sanitários no Brasil custa...
Logotipo Boa Hora
Menu:

 

 

 
Boa Hora Central de Tratamento de Resíduos - Rua Daniel Pedro Peralta, 925 - Mauá, São Paulo Fone/Fax: 4546-8220 - Desenvolvido por: Sarro Comunicação